Segurança do Trabalho – Definição, Normas e Importância

logo-Segurança-do-trabalhoA segurança do trabalho é considerada uma ciência que atua na prevenção de acidentes do trabalho e doenças provenientes dos riscos oferecidos pelas suas áreas de atuação.

É um conjunto de medidas que visa à saúde e ao bem-estar do profissional cuidando para que ele tenha todas as condições necessárias para o desempenho de suas funções, com um ambiente de trabalho seguro e agradável.

Há diversas normas que as empresas devem atender para que sejam consideradas preocupadas e que dão valor ao seu efetivo, oferecendo equipamentos adequados (Equipamentos de Proteção Individual – EPIs) para o manejo de produtos considerados perigosos, tóxicos, além de acessórios necessários para que o profissional possa, por exemplo, se deslocar em um andaime numa construção sem correr riscos.

É possível acessar as Normas Regulamentadoras referentes à segurança e saúde do trabalho no site do Ministério Trabalho e Previdência Social. Ao todo, são 36 NRs, a começar pelas Disposições Gerais sobre o tema. Acesse aqui para saber mais sobre cada uma delas.

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) é uma medida encontrada por grandes empresas para a instrução de seus funcionários sobre a correta utilização de materiais e equipamentos, de forma a evitar ou reduzir a chance de acidentes de trabalho.

A comissão é formada por profissionais que se envolvem em pesquisa e didática, oferecendo palestras e treinamentos para a instrução dos funcionários.

O profissional que lida com a segurança do trabalho e com estratégias de melhorias e de como oferecer a cada dia uma melhor condição de segurança no ambiente para os colaboradores é o engenheiro de segurança do trabalho.

No entanto, o técnico em segurança no trabalho também pode realizar vistorias e trabalhar na equipe. A diferença é que apenas o engenheiro pode assumir a responsabilidade por projetos na área.

Por que é importante investir em segurança do trabalho?

  • A carreira é bastante procurada, e existem fortes razões para isso. O afastamento de um profissional acidentado gera prejuízos e perda da produtividade. Por isso, investir em segurança e bem-estar é assegurar de não ter a sua equipe desfalcada.
  • Outra razão é que empresas que têm responsabilidade com a segurança e prevenção de acidentes e que são certificadas por isso garantem mais pontos adiante da concorrência no seu segmento.
  • Há, ainda, um fator social. A responsabilidade social e ambiental são mais presentes a cada dia na realidade tanto estrangeira quanto brasileira. A reputação de uma empresa que atesta ser preocupada com seus profissionais se torna excelente para os clientes, profissionais e também para terceiros com intenções de investir na empresa.

A segurança do trabalho beneficia a todos: os profissionais se sentem mais seguros na execução de suas funções, e os empregadores, por sua vez, conseguem ter o controle da produtividade das empresas e manter a credibilidade de sua marca.

Você já teve algum acidente de trabalho por não haver em sua empresa um estudo voltado para a segurança dos profissionais?

Segurança do Trabalho – Definição, Normas e Importância
5 (100%) 3 votos

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*